Última hora

Última hora

Rússia: Banco central baixa taxa de juro para 14%

Em leitura:

Rússia: Banco central baixa taxa de juro para 14%

Tamanho do texto Aa Aa

Relançar a economia é a principal prioridade do Banco Central da Rússia. Pela segunda vez desde o início do ano, a instituição cortou a taxa de juro de referência. Esta sexta-feira, baixou-a de 15 para 14%.

O banco central não descarta mais cortes nos próximos meses face aos “riscos que apontam para uma forte desaceleração da economia”. Explica que a subida da inflação é o resultado da depreciação do rublo e de outros fatores.

Darren Sinden, analista de mercado na Admiral Capital Markets, adianta: “O rublo perdeu, efetivamente, metade do valor. Têm menos receitas em dólares com a venda de petróleo e outras matérias-primas e os preços da alimentação, na Rússia, são muito altos”.

Com o anúncio do corte da taxa de juro, o rublo reduziu as perdas no mercado cambial. A meio da manhã, rondava 61,30 rublos por um dólar.

O Banco Central constatou uma redução dos salários e do consumo. Em fevereiro, a inflação atingiu quase 17%, mas a instituição prevê que recue para 9% no espaço de um ano.

Já o PIB russo deverá contrair cerca de 4% este ano, sob efeito das sanções internacionais e do recuo do preço do petróleo.