Última hora

Última hora

Japão encerra três reatores nucleares com mais de 40 anos

O Japão anunciou que vai encerrar cinco reatores nucleares com mais de 40 anos anos nos próximos dias, à luz do plano de segurança aprovado após a

Em leitura:

Japão encerra três reatores nucleares com mais de 40 anos

Tamanho do texto Aa Aa

O Japão anunciou que vai encerrar cinco reatores nucleares com mais de 40 anos anos nos próximos dias, à luz do plano de segurança aprovado após a catástrofe de Fukushima.

O anúncio do encerramento dos três reatores em Kyushu e Mihama foi feito esta terça-feira, quando as atividades de outras duas instalações vão ser suspensas nos próximos dias.

Com todas as centrais paradas após o incidente de Fukushima, apenas dois reatores com mais de quatro décadas passaram até agora, com sucesso, os testes de segurança.

A decisão foi tomada quando decorre em Tóquio uma conferência internacional para a redução dos riscos de catástrofe natural, patrocinada pela ONU.

Um grupo de delegados internacionais visitou uma cooperativa de pescadores na cidade de Soma, na zona afetada pelo incidente em Fukushima.

Os responsáveis locais afirmam que atualmente, cerca de 80% do peixe capturado não apresenta sinais de contaminação radioativa, quando a mercadoria se limita a experiências científicas, sem ter sido ainda reintroduzida nos mercados.

A conferência da ONU decorre até amanhã em Sendai, com o objetivo de renovar o plano da ONU de dez anos de prevenção de catástrofes naturais, fixando objetivos para baixar o número de vítimas e de custos, especialmente ao nível da reconstrução.