Última hora

Última hora

Quatro países europeus aderem ao Banco Asiático de Investimento em Infraestruturas

Em leitura:

Quatro países europeus aderem ao Banco Asiático de Investimento em Infraestruturas

Quatro países europeus aderem ao Banco Asiático de Investimento em Infraestruturas
Tamanho do texto Aa Aa

Quatro países europeus juntam-se à China para criar o novo Banco Asiático de Investimento em Infraestruturas (BAII). França, Alemanha e Itália anunciaram que pretendem ser membros fundadores, tal como já tinha feito o Reino Unido na semana passada.

O Banco Asiático de Investimento em Infraestruturas vai rivalizar com o Banco Mundial ou o Banco Asiático de Desenvolvimento, dominado pelo Japão e os Estados Unidos.

A sua criação põe em evidência a rivalidade entre grandes economias e os países emergentes nos organismos internacionais.

Washington vê com maus olhos o projeto, evocando dúvidas sobre a governação e a transparência do novo organismo.

O BAII foi lançado em outubro passado, ficará sediado em Pequim e terá um capital inicial de 50 mil milhões de dólares. O objetivo é promover o investimento no setor dos transportes, energia, telecomunicações e outras infraestruturas nos países em desenvolvimento da região asiática.