Última hora

Última hora

Atenas aprova lei da pobreza desafiando UE

O governo grego fez aprovar no parlamento uma lei contra a pobreza que atiça as tensões com os parceiros europeus. O executivo de esquerda radical

Em leitura:

Atenas aprova lei da pobreza desafiando UE

Tamanho do texto Aa Aa

O governo grego fez aprovar no parlamento uma lei contra a pobreza que atiça as tensões com os parceiros europeus.

O executivo de esquerda radical liderado por Alexis Tsipras ignorou assim uma carta de Bruxelas que pedia mais diálogo com os credores de Atenas antes de avançar com a primeira legislação do seu mandato, alertando contra os efeitos de uma “decisão unilateral” no prolongamento do resgate à Grécia acordado a 20 de Fevereiro.

Num discurso inflamado na assembleia, o primeiro-ministro grego disse que “alguns têm o atrevimento de falar em ações unilaterais. Se estão a fazê-lo para assustar [os gregos], a resposta é simples, não estão a conseguir fazê-lo e não vão desencorajar-nos”.


A lei votada esta quarta-feira prevê o fornecimento gratuito de eletricidade aos mais pobres, ajudas alimentares a cerca de 300.000 pessoas afetadas pela profunda crise que atravessa o país e assistência aos que perderam os empregos nos últimos meses e se vêm privados de segurança social.