Última hora

Última hora

Greve dos pilotos da Lufthansa: 750 voos anulados

Pelo segundo dia consecutivo, milhares de passageiros da Lufthansa viram os voos anulados. A companhia foi obrigada a cancelar 750 voos de curto e

Em leitura:

Greve dos pilotos da Lufthansa: 750 voos anulados

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo segundo dia consecutivo, milhares de passageiros da Lufthansa viram os voos anulados.

A companhia foi obrigada a
cancelar 750 voos de curto e médio curso por causa da greve dos pilotos.

Liderados pelo sindicato Cockpit, os pilotos lutam contra a intenção da companhia de alterar as regras de acesso à pré-reforma.

E, se a maioria dos passageiros protesta, há quem entenda as razões dos pilotos, como uma idosa que diz ter simpatia pela causa deles, porque “estão submetidos a muito stress e é normal que queiram reformar-se mais cedo”.

Em causa está, segundo o sindicato, o projeto da direção de acabar com a possibilidade da pré-reforma dos pilotos aos 55 anos, com 60% do salário.

A Lufthansa diz que já chegou a acordo com os cinco mil pilotos das sucursais Germanwings, Swiss Air, Austrian Airlines, Brussels Airlines e Eurowings e acusa o cockpit de “irresponsabilidade” ao “recusar as negociações para manter os privilégios de apenas 5.400 dos 120 mil empregados da companhia”.

A greve vai prosseguir até sexta-feira, nos voos de curto e médio curso e no transporte de mercadorias.

É a segunda greve dos pilotos da Lufthansa no último ano. 80 mil passageiros estão a ser afetados.