Última hora

Última hora

Lafarge e Holcim redefinem termos da fusão

Em leitura:

Lafarge e Holcim redefinem termos da fusão

Tamanho do texto Aa Aa

Lafarge e Holcim sempre vão unir-se, após uma revisão dos termos da fusão. A cimenteira suíça conseguiu melhorar as condições a seu favor, tal como exigia.

No final, nove ações da Holcim vão corresponder a dez da Lafarge. A empresa suíça vai deter 56% do futuro grupo. A parceira francesa passa a controlar 44%, menos três por cento face ao acordo de abril do ano passado.

A Holcim conseguiu também mudanças na direção. Bruno Lafont, patrão da Lafarge, não será diretor-geral do futuro grupo, mas copresidente não executivo.

A futura LafargeHolcim será a maior cimenteira do mundo, com receitas anuais de 30 mil milhões de euros. A fusão deverá concretizar-se em julho.