Última hora

Última hora

Cerca de 2500 produtos perigosos retirados do mercado da UE

Cerca de 2500 produtos foram retirados do mercado da União Europeia, em 2014, por serem potencialmente perigosos para os consumidores. Brinquedos e peças de vestuário são os artigos mais apreendidos,

Em leitura:

Cerca de 2500 produtos perigosos retirados do mercado da UE

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 2500 produtos foram retirados do mercado da União Europeia, em 2014, por serem potencialmente perigosos para os consumidores.

Brinquedos e peças de vestuário são os artigos mais apreendidos, segundo um relatório divulgado, esta segunda-feira, em Bruxelas.

A comissária europeia responsável pela pasta do Consumo, Věra Jourová, explicou que “todos os dias, a Comissão Europeia (CE) recebe informações das autoridades dos Estados-membros sobre os produtos perigosos que se encontram nos seus mercados. Esta informação é distribuída a nível europeu para que todos os países possam retirar esses produtos do mercado”.

Trata-se do chamado Sistema de Alerta Rápido, que visa evitar acidentes com produtos que não passam em testes de segurança.

Em termos de principais fornecedores, a China continua em grande destaque: 64% das notificações foram para produtos vindos desse país.

Já quanto aos Estados-membros onde se registaram mais notificações, a Hungria encabeça a lista (291), seguida de Alemanha (273) e Espanha (272), enquanto Portugal registou 36 notificações (contra 30 em 2013).

A CE indicou, ainda, que o sítio de Internet do sistema de alerta rápido atraiu cerca de dois milhões de visitantes em 2014.