Última hora

Última hora

Atividade económica cresce na zona euro

Em leitura:

Atividade económica cresce na zona euro

Tamanho do texto Aa Aa

A atividade económica da zona euro cresceu mais do que o previsto, em março.

De acordo com a Markit, o Índice PMI, que analisa os dados das encomendas das empresas, subiu de 53,3 pontos em fevereiro para 54,1 em março.

Estes dados indicam que a economia da zona euro está em expansão.

A subida foi superior aos 53,6 pontos previstos pelos economistas inquiridos pela Bloomberg.

Os analistas consideram que esta subida se deve à compra de ativos por parte do Banco Central Europeu, pela depreciação do euro e pela descida do preço do petróleo.

Para os analistas são precisas mais medidas.

‘’ A viragem do ciclo de crédito na zona euro é, para nós, uma das principais razões pelas quais pensamos que o crescimento fora da zona euro vai ser muito melhor, longo dos próximos anos. O programa do BCE pode oferecer confiança, pode impulsionar o consumidor e o investidor mas, a longo prazo, precisamos é de um aumento do crédito para impulsionar a economia”, avisa o analista Kerry Craig, da JP Morgan.

A Markit estima que a economia da zona euro cresceu 0,3 por cento apoiada na expansão de 0,4 por cento da Alemanha e de 0,2 por cento da França.

No resto da região, a atividade económica registou o maior crescimento desde julho de 2014.