Última hora

Última hora

Colete inteligente para ajudar cegos a andar sem medo de obstáculos

Em leitura:

Colete inteligente para ajudar cegos a andar sem medo de obstáculos

Tamanho do texto Aa Aa

Muitas tecnologias baseadas em “lasers”, ultrassons ou infravermelhos têm sido testadas um pouco por todo o mundo para ajudar os cegos e as pessoas

Muitas tecnologias baseadas em “lasers”, ultrassons ou infravermelhos têm sido testadas um pouco por todo o mundo para ajudar os cegos e as pessoas com visibilidade limitada a andar sem necessitarem de ajuda. Na Cisjordânia, um grupo de estudantes palestinianos está a desenvolver o “Smart Assist System for Blind People” (SASB) – em português, traduz-se por qualquer coisa como “Sistema de Ajuda Inteligente para Pessoas Cegas.”

Criado no Politécnico de Hebron, este é um género de colete inteligente, que integra sensores de detenção de obstáculos. O utilizador é alertado através de vibrações e orientado por vozes gravadas. “Esta é talvez a melhor alternativa à vareta que habitualmente usamos no nosso dia-a-dia. O colete diz-nos se os obstáculos estão à nossa direita, à esquerda ou em frente. É, de facto, muito bom”, garante Ayoub al-Sarsour, invisual que tem vindo a testar o SASB.

O portador do colete pode seguir as vozes de comando do “sistema de ajuda inteligente” através de auriculares ligados ao colete. O sistema integra também um alerta sonoro para informar o utilizador do estado da bateria antes de mudar para o modo económico e retardar ao máximo o descarregamento total do SASB.

“Os estudantes foram capazes de desenhar e concretizar este projeto apesar dos escassos recursos. O projeto ainda precisa de maior desenvolvimento, com mais apoio financeiro e motivacional e requer algum apoio de instituições e eventuais patrocinadores”, apela Ramzi al Qawasm, diretor do departamento de engenharia da Universidade Politécnica de Hebron.

Um dos objetivos do SASB dos jovens inventores palestinianos é ajudarem a uma melhor integração dos cegos na sociedade atual e tornar a vida destas pessoas com limitações um pouco mais fácil.