Última hora

Última hora

EUA suspendem retirada de soldados norte-americanos do Afeganistão em 2015

Reunido com o homólogo afegão, Ashraf Ghani, em Washington, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou que vai desacelerar o ritmo de

Em leitura:

EUA suspendem retirada de soldados norte-americanos do Afeganistão em 2015

Tamanho do texto Aa Aa

Reunido com o homólogo afegão, Ashraf Ghani, em Washington, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou que vai desacelerar o ritmo de retirada das tropas norte-americanas do Afeganistão.

Na prática, o contingente de 9.800 soldados continuará no país até ao final do ano, contrariando assim a redução para 5.500 militares que estava prevista.

Mais para o final de 2015 deve decidir-se a trajetória para a saída das tropas norte-americanas em 2016, como ressalvou Obama: “É importante lembrar o cronograma para a retirada das tropas em troca de uma presença centrada numa embaixada, a normalização da nossa presença no Afeganistão, continua a ser o final de 2016. Isso não mudou.”

O presidente do Afeganistão agradeceu a resposta e lembrou os progressos em matéria de segurança que as forças afegãs têm vindo a fazer.

“Fico satisfeito por ver que a partida de 120 mil soldados internacionais não criou uma brecha na segurança ou o colapso que era frequentemente anunciado”, disse Ashraf Ghani.

Ainda sobre a questão da saída das tropas norte-americanas, Barack Obama referiu que a desaceleração da retirada “será usada para estimular reformas e garantir que as forças de segurança estão melhor comandadas, equipadas, treinadas e focadas na missão fundamental.”