Última hora

Última hora

Tikrit: Irão acusa drone norte-americano de matar dois conselheiros militares

A operação para retomar Tikrit está a revelar problemas de coordenação. A Guarda Revolucionária Iraniana, que apoia as milícias xiitas que combatem

Em leitura:

Tikrit: Irão acusa drone norte-americano de matar dois conselheiros militares

Tamanho do texto Aa Aa

A operação para retomar Tikrit está a revelar problemas de coordenação.

A Guarda Revolucionária Iraniana, que apoia as milícias xiitas que combatem ao lado das tropas iraquianas, disse que um drone norte-americano matou dois dos seus conselheiros nos arredores da cidade. Os Estados Unidos rejeitam a acusação e afirmam que os bombardeamentos apenas atingiram extremistas do Estado Islâmico.

As forças iraquianas continuam no terreno mas, desde que entrou em cena a aviação norte-americana, muitos combatentes apoiados pelo Irão decidiram boicotar a ofensiva, rejeitando a assistência aérea dos Estados Unidos.

Os extremistas do Estado Islâmico assumiram o controlo da cidade estratégica iraquiana em junho do ano passado.

Em visita a Bagdade, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, frisou que o executivo iraquiano precisa de garantir o respeito das leis nas zonas reconquistadas aos “jihadistas”, numa alusão às denúncias de supostos abusos por parte de milícias pró-governamentais.