Última hora

Última hora

Filmes e séries da Rússia proibidos na Ucrânia

A proibição abrange obras posteriores a 1991 que glorifiquem as forças de segurança, tal como todas as produções russas posteriores a 1 de janeiro de 2014.

Em leitura:

Filmes e séries da Rússia proibidos na Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Estas são imagens de Khroniki uboinova otdela, uma série policial russa com grande popularidade na Ucrânia. Mas os ucranianos não a vão poder ver muito mais tempo. O presidente Petro Poroshenko ratificou agora uma lei a proibir todos os filmes e séries russos, produzidos desde 1991 que glorifiquem as forças de segurança do país, assim como todos os filmes e séries russos feitos desde 1 de janeiro do ano passado: “O documento proíbe todos os filmes produzidos por uma pessoa ou entidade do Estado agressor, o que pode ser considerado parte das sanções económicas”, diz Kateryna Myasnikova, especialista dos media.

Point of view

Se queremos juntar-nos à União Europeia, devemos evitar todo o tipo de censura, mas neste momento, dado que estes filmes e séries são parte da propaganda russa, penso que é melhor bani-los.

Nas ruas de Kiev, as opiniões dividem-se, mesmo se a maioria da população da capital é claramente hostil à Rússia: “Se queremos juntar-nos à União Europeia, devemos evitar todo o tipo de censura, discriminação ou restrições, mas neste momento, dado que estes filmes e séries são parte da propaganda russa, penso que é melhor bani-los”, diz um habitante da capital russa.

A lei só abrange o período seguinte ao fim da URSS e poupa assim os grandes clássicos soviéticos. Mas não são só séries como esta Patrul que acabam cortadas pelo “lápis azul”. Também filmes mundialmente aclamados, como Leviathan, candidato ao Óscar de melhor filme estrangeiro este ano, passa a ser proibido na Ucrânia.