Última hora

Em leitura:

Iranianos celebram compromisso de Lausana


Irão

Iranianos celebram compromisso de Lausana

ALL VIEWS

Clique para descobrir

As ruas de Teerão encheram-se de gente depois do anúncio de um acordo de princípio sobre o dossiê nuclear iraniano. O documento celebrado entre os representantes da república islâmica e os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU mais a Alemanha prevê o fim das sanções económicas que afetam o país asiático.

“Espero que toda a gente possa viver feliz. Tenho esperança que o mundo consiga perceber o nosso país, não temos diferendos com outros países e não buscamos o terrorismo. Merecemos viver em liberdade” – afirmava ontem à noite um iraniano entusiasmado com o compromisso.

Em contrapartida do fim das sanções, o Irão tem que reduzir o número de centrifugadoras de urânio, diminuir as reservas de urânio enriquecido e permitir as visitas dos inspetores internacionais.

“O Irão não vai procurar nem deter armas nucleares em nenhuma circunstância! Foi sob esta afirmação simples e forte que assentaram as discussões. Este é o objeto deste acordo: nuclear civil, sem problema, a 100%; nuclear militar, bomba atómica, zero!” – esclareceu o ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Laurent Fabius.

O acordo de princípio alcançado ontem em Lausana, na Suíça, ao fim de oito dias de negociações, tem que ser ultimado até 30 de junho e, em seguida, ratificado. Tendo em conta as posições dos republicanos no congresso americano e dos religiosos no Irão nada está ainda garantido.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Iémen: mais de 500 mortos em duas semanas de combates