Última hora

Última hora

Dershwitz e Vitalis fazem história para EUA e França em Tashkent

Eli Dershwitz conquistou finalmente a medalha de ouro no Campeonato do Mundo de esgrima em juniores, que decorre em Tashkent, no Uzbequistão. Depois

Em leitura:

Dershwitz e Vitalis fazem história para EUA e França em Tashkent

Tamanho do texto Aa Aa

Eli Dershwitz conquistou finalmente a medalha de ouro no Campeonato do Mundo de esgrima em juniores, que decorre em Tashkent, no Uzbequistão.

Depois de uma medalha de bronze e uma de prata nas edições anteriores, o norte-americano conseguiu o que mais nenhum esgrimista do seu país tinha conseguido, sagrar-se campeão do mundo no sabre.

Após deixar pelo caminho Mohamed Amer na meia-final, Dershwitz dominou por completo o duelo decisivo frente ao italiano Francesco Bonsanto e venceu por 15-8.

Nuno Esteves foi o único português presente, terminou na 84ª posição.

No quadro feminino o dia foi dedicado à espada e quem levou a melhor foi Coraline Vitalis, a primeira francesa a sagrar-se campeã do mundo de juniores na disciplina.

Vitalis mostrou todo o talento nos momentos decisivos, impondo-se nas meias-finais a Yuliya Svystil por 15-8 e na final à alemã Nadine Stahlberg por esclarecedores 15-6.