Última hora

Em leitura:

Novos aparelhos dentários menos visíveis e mais caros


hi-tech

Novos aparelhos dentários menos visíveis e mais caros

Em parceria com

Todos os anos, o Mónaco organiza a Feira “Imagina”, um evento dedicado às novas tecnologias no domínio dentário.

Na edição deste ano, 25 empresas de sete países apresentaram as últimas novidades do setor, com destaque para o Laser e as técnicas 3D.

Nos últimos anos, houve uma grande evolução na área dos aparelhos dentários. Os novos aparelhos são mais discretos. O tratamento é mais rápido e o material resiste melhor às bactérias.

“A tecnologia atual é parecida com a dos aparelhos tradicionais, mas o resultado é mais estético. Fazemos uma tomografia para criar o modelo e conceber um tratamento ortodôntico menos invasivo”, explicou o engenheiro Stephane Bouchon, um dos especialistas presentes na feira.

Todos os anos a feira Imagina atribui um prémio à técnica mais inovadora. Este ano, o galardão foi entregue a uma empresa austríaca que inventou uma tecnologia para produzir próteses dentárias de forma mais eficaz.

“O dentista quer fazer uma prótese completa para um paciente que não tem dentes. Para isso faz um molde. Esse modelo é introduzido num scanner e faz-se uma imagem a três dimensões. Com essa imagem e graças a um software de desenho, os dentes vão ser colocados de forma perfeita. Esses dentes vão encaixar na base da prótese. A base é feita em cera e tem orifícios para que a adaptação seja perfeita. É como um Lego, podemos colocar os dentes um a um”, explicou Maximiliano Gonzalez, um dos responsáveis da empresa.

A empresa finlandesa Instrumentarium apresentou uma nova máquina de raio-x de baixa radiação. O paciente recebe apenas um quinto da radiação emitida pelas máquinas tradicionais.

Uma empresa do Mónaco, a Euromax, também apresentou uma máquina inovadora no domínio do diagnóstico. Trata-se de uma câmara com luz LED que filma imagens a três dimensões.

Artigo seguinte

hi-tech

Uma casa inteligente construída graças a uma impressora 3D