Última hora

Última hora

Reino Unido: Tony Blair critica promessa de referendo de David Cameron

Tony Blair critica a promessa do conservador David Cameron de realizar um referendo sobre a manutenção do Reino Unido na União Europeia. Para o

Em leitura:

Reino Unido: Tony Blair critica promessa de referendo de David Cameron

Tamanho do texto Aa Aa

Tony Blair critica a promessa do conservador David Cameron de realizar um referendo sobre a manutenção do Reino Unido na União Europeia.

Para o antigo primeiro-ministro trabalhista, a saída do país só iria fragilizar, ainda mais a economia. Blair manifesta-se, pela primeira vez, na campanha eleitoral. Estamos a um mês das legislativas.

“Acredito, fervorosamente, que a saída da Europa iria diminuir a Grã-Bretanha no mundo. Causaria danos significativos à nossa economia, e menos óbvio, mas importante para o nosso futuro, iria contra as mesmas qualidades que ainda fazem de nós uma grande nação mundial”, afirma Blair.

O candidato conservador e atual primeiro-ministro já respondeu às críticas. Para David Cameron, Tony Blair parece não acreditar nos britânicos.

Cameron assegura que “Tony Blair não confia nas pessoas. Devemos confiar nas pessoas. Vamos renegociar o nosso relacionamento com a Europa e, em seguida, haverá um referendo ‘fica ou sai’, até o final de 2017. Essa é a coisa certa para a Grã-Bretanha.”

As últimas sondagens colocam lado a lado os Partidos Trabalhista e Conservador.

Os britânicos elegem o Parlamento e por consequência o chefe do Governo no dia 7 de maio.