Última hora

Última hora

Russos relembram Boris Nemtsov

Quarenta dias após a morte de Boris Nemtsov, inúmeros russos quiseram deixar uma homenagem ao líder da oposição russa em Moscovo. Para os Ortodoxos

Em leitura:

Russos relembram Boris Nemtsov

Tamanho do texto Aa Aa

Quarenta dias após a morte de Boris Nemtsov, inúmeros russos quiseram deixar uma homenagem ao líder da oposição russa em Moscovo. Para os Ortodoxos, o quadragésimo dia após a morte têm um significado religioso especial, ligado à ascensão de Jesus Cristo.

Estão previstas várias ações para relembrar o opositor declarado do Presidente Vladimir Putin.

Cinco pessoas estão detidas por alegado envolvimento no crime. Um juiz confirmou esta segunda-feira que três dos suspeitos vão de facto permanecer em prisão preventiva, pelo menos até à próxima audiência, no dia 28. Os detidos são chechenos e clamam inocência.

Boris Yefimovich Nemtsov tinha 55 anos e chegou a ser vice-primeiro-ministro do Presidente Boris Yeltsin.

Foi abatido a 27 de Janeiro numa ponte a dois passos do Kremlin. São ainda desconhecidas com rigor as motivações do crime.