Última hora

Última hora

Grécia paga, mas até quando?

A Grécia cumpriu o prometido e pagou, esta quinta-feira, quase 460 milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional (FMI). A soma corresponde à

Em leitura:

Grécia paga, mas até quando?

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia cumpriu o prometido e pagou, esta quinta-feira, quase 460 milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional (FMI). A soma corresponde à amortização do empréstimo concedido em 2010.

A Grécia tem um acesso muito limitado ao mercado de dívida e, sem acordo com os credores, não pode receber uma fatia de 7 mil milhões de euros.

Face às incertezas sobre a situação dos cofres gregos, o ministro das Finanças, Iannis Varoufakis, tinha assegurado no início da semana que Atenas iria cumprir as suas obrigações.

Mas a situação é difícil e, segundo fontes europeias, na reunião esta quarta-feira, o enviado grego pediu dinheiro com urgência.

Dimitris Mardas, responsável da contabilidade do Ministério das Finanças, disse à euronews: “Prevemos a conclusão das negociações e acreditamos que com um acordo não teremos de lidar com as dificuldades de liquidez, que enfrentamos agora”.

Na próxima semana, a Grécia tem de pagar 500 milhões de euros em salários e pensões e reembolsar mil milhões de euros em títulos de dívida. A data considerada crítica é 12 de maio, quando terá de pagar mais 770 milhões de euros ao FMI.

Para desbloquear fundos, os parceiros europeus exigem reformas e, esta quinta-feira, deram à Grécia mais uma semana para melhorar as propostas feitas.

O objetivo é chegar a um acordo a tempo da reunião do Eurogrupo de 24 de abril, mas de visita a Paris, Iannis Varoufakis disse que não assinará um acordo só para receber o dinheiro.