Última hora

Última hora

O amor pode durar uma vida? Neste filme, sim...

Em leitura:

O amor pode durar uma vida? Neste filme, sim...

O amor pode durar uma vida? Neste filme, sim...
Tamanho do texto Aa Aa

The Longest Ride (em Portugal, “Uma vida ao teu lado”) é uma história de amor adaptada do romance com o mesmo nome de Nicholas Sparks.

O filme conta a história de dois casais. O primeiro, interpretado por Scott Eastwood e Britt Robertson, vive nos nossos dias. A outra história, a do casal Alan Alda e Oona Chaplin, é contada em “flashbacks”.

Há muita gente hoje que se casa e diz que se não resultar devolve à Amazon.

Oona Chaplin: “O que é lindo neste filme é que há um verdadeiro compromisso. Não é superficial”.

Alan Alda: “Tens razão. Há muita gente hoje que se casa e diz que se não resultar devolve à Amazon”.

O filme, realizado por George Tillman Jr, anda à volta dos desafios e das recompensas do amor que perdura.

Alan Alda está casado com a mulher há 58 anos, mas para ele não há uma fórmula mágica: “Não sei se há um segredo. É preciso estar apaixonado, o que quer que isso signifique. Para mim, significa criar raízes com a outra pessoa. É preciso isso para que a história seja um sucesso, para que nos sintamos felizes e completados. E a outra pessoa tem de querer o mesmo, não pode ser uma coisa unilateral. É preciso ter sorte”

“The Longest Ride” chega este mês à maioria dos países europeus. Em Portugal, estreou esta quinta-feira, 9 de abril

Mais sobre cinema