Última hora

Última hora

VII Cimeira das Américas: Aguardados progressos históricos entre Washington e Havana

A VII Cimeira das Américas teve início, esta sexta-feira, no Panamá com a participação de 35 chefes de Estado. Esta é a primeira vez que Cuba assiste

Em leitura:

VII Cimeira das Américas: Aguardados progressos históricos entre Washington e Havana

Tamanho do texto Aa Aa

A VII Cimeira das Américas teve início, esta sexta-feira, no Panamá com a participação de 35 chefes de Estado.

Esta é a primeira vez que Cuba assiste ao fórum instituído em 1994 sob a égide da Organização dos Estados Americanos, da qual Cuba esteve excluída entre 1962 e 2009.

Numa altura em que são aguardados progressos históricos entre Washington e Havana, o presidente anfitrião, Juan Carlos Varela, elogiou a “coragem e a vontade dos chefes de Estado e de Governo que deixaram de lado as suas diferenças históricas em busca de uma aproximação”.

À margem da cimeira está agendado um encontro de Barack Obama com Raul Castro, que figurará como o primeiro entre os presidentes dos Estados Unidos e Cuba em mais de meio século.

Separados pelos presidentes do Equador e El Salvador, Obama e Castro ficaram na segunda de três filas no centro de convenções da cidade do Panamá enquanto soava o hino nacional do país anfitrião deste histórico evento.