Última hora

Última hora

Papa Francisco recorda assassinato de arménios na Segunda Guerra Mundial

O Papa Francisco recordou, este domingo, o extermínio do povo arménio, numa missa celebrada na Basílica de São Pedro, e na qual participaram o

Em leitura:

Papa Francisco recorda assassinato de arménios na Segunda Guerra Mundial

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco recordou, este domingo, o extermínio do povo arménio, numa missa celebrada na Basílica de São Pedro, e na qual participaram o Patriarca e Catholicos de Todos os Arménios e o Patriarca Católico da Cilícia do mesmo povo:

“A Humanidade passou, no século passado, por três enormes tragédias sem precedentes. A primeira, que é amplamente considerada como o primeiro genocídio do século XX, atingiu o povo arménio”, disse o Sumo Pontífice da Igreja Católica.

Na basílica assistia também à cerimónia o Presidente arménio.

O assassinato de um milhão de arménios continua a ser uma questão sensível. Vinte e dois países qualificaram o ato de genocídio. A Turquia reconhece a morte de centenas de milhares de arménios, durante a deportação, mas nega a intenção do Império Otomano de extinguir qualquer etnia.