This content is not available in your region

Quénia lança ultimato à ONU exigindo encerramento de campo de refugiados

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Quénia lança ultimato à ONU exigindo encerramento de campo de refugiados

<p>As autoridades quenianas deram, às Nações Unidas, três meses para desmantelarem o campo de refugiados de Dadaab onde, segundo um <a href="http://www.unhcr.org/cgi-bin/texis/vtx/home/opendocPDFViewer.html?docid=524d84b99&query=Dadaab%202015">relatório da <span class="caps">ONU</span></a> estão registados quase 225 mil refugiados somalis.</p> <p>Em comunicado, o governo queniano afirma que há militantes islâmicos escondidos neste acampamento e exige que ele seja transferido para a Somália.</p> <p>Esta é a resposta de Nairobi ao <a href="http://pt.euronews.com/2015/04/02/quenia-assalto-a-universidade-termina-com-147-mortos/">assassinato de 148 pessoas, por extremistas do Shabaab, numa universidade</a>, 142 eram estudantes.</p> <p>O Shabaab matou mais de 400 pessoas em solo queniano nos últimos dois anos, incluindo 67 no Centro Comercial Westgate, em Nairobi em 2013.</p> <p>No total, números das Nações Unidas, há mais de 584 mil refugidos espalhados por quatro campos no Quénia. Nos últimos anos, o número de pessoas que fogem à guerra civil e à seca, tem vindo a aumentar.</p> <p>As <a href="http://pt.euronews.com/2015/04/07/quenia-recorda-com-dor-e-revolta-as-vitimas-do-massacre-de-garissa/">vigílias</a>, em memória das vítimas do ataque à universidade, têm-se sucedido num país ainda chocado pela tragédia.</p>