Última hora

Última hora

The Corner: United goleia City e acentua sorriso de José Mourinho

As ligas de Inglaterra, Espanha e Itália em destaque na revista desta semana do melhor do futebol mundial. O PSG também esteve em alta, mas Ibrahimovic derrapou para a negativa

Em leitura:

The Corner: United goleia City e acentua sorriso de José Mourinho

Tamanho do texto Aa Aa

Com a Liga portuguesa a aguardar com grande expectativa a jornada 30, marcada para 26 de abril, na qual o FC Porto visita o líder do Benfica, com (por enquanto) 3 pontos de atraso), as atenções do mundo do futebol centraram-se esta semana em Espanha e Inglaterra. Cristiano Ronaldo e José Mourinho acordaram esta segunda-feira, seguramente, com um sorriso bem largo na face – em especial o treinador.

Numa ronda em Inglaterra, a 32.a da “Premier League”, marcada pelo sempre escaldante dérbi de Manchester, entre o United e o City, o Chelsea tinha pela frente, por sua vez, uma curta e aparente fácil deslocação de apenas 6 quilómetros a Loftus Road, na zona oeste de Londres, a casa do aflito Queens Park Rangers (QPR).

A diferente classificação das duas equipas não se fez contudo sentir na partida. Valeu, aliás, a Mourinho a boa prestação do guarda-redes belga Thibaut Courtois, de 22 anos, para conseguir evitar que os avançados do QPR celebrassem qualquer golo. A cinco minutos do fim, outro jovem belga, Eden Hazard, desenhou uma jogada pela esquerda e descobriu Cesc Fábregas na área. Com um remate rasteiro, o espanhol fez o único golo do encontro.

O triunfo permitiu aos “blues” reconfirmarem a vantagem de sete pontos face ao segundo classificado, o Arsenal, que havia ganho na véspera em Burnley pelo mesmo resultado. Pouco depois, do apito final em Loftus Road, começou em Old Trafford o dérbi.

Kun Agüero até abriu o marcador para os campeões logo aos 8 minutos. Mas os “red devils” reagiram forte e à meia hora já tinham conseguido a reviravolta com golos de Ashley Young (14 minutos) e Maroune Fellaini (27). Na segunda parte, o espanhol Juan Mata (67) dilatou a vantagem e, aos 73 minutos, o central Chris Smalling assinou o 4-1. Agüero ainda bisou à beira do fim, mas sem espaço para grandes celebrações.

Os “citizens” perderam o terceiro dos últimos quatro jogos e estão já a 12 pontos do líder, o Chelsea. O United cimentou o terceiro lugar, a 8 pontos do primeiro. De notar que a equipa de Mourinho ainda tem um jogo em atraso, no terreno do atual “lanterna vermelha”, o Leicester, que está marcado para 29 de abril.

Em Espanha, o Barcelona entrou na 31.a jornada com uma vantagem de 4 pontos, mas tinha pela frente, no sábado à noite, uma difícil deslocação a Sevilha. O Real Madrid, na segunda posição, recebeu e venceu com facilidade o Eibar, por 3-0, com Cristiano Ronaldo a abrir o marcador, no regresso aos golos de livre – Foi o 38.° golo do português no campeonato espanhol.

Horas depois, o Barcelona até entrou muito bem no Sánchez-Pizjuán. Messi abriu o marcador aos 14 minutos, com o 34.° golo na Liga, e Neymar fez o 0-2 aos 31 minutos. Pouco depois, o argentino Éver Banega reduziu para a equipa de Daniel Carriço (jogou os 90 minutos, Diogo Figueiras não saiu do banco e Beto não foi convocado).

Na segunda parte, o Sevilha pressionou em busca do empate e foi feliz. Aos 84 minutos, o luso-francês Kevin Gameiro marcou o golo que terá feito muita gente sorrir em Madrid. O Barça empatou a dois golos e viu a equipa de Ronaldo, Pepe e Coentrão ficar a apenas dois pontos.

Na próxima jornada, os catalães recebem o Valência, de Nuno Espírito Santo e André gomes, enquanto o Real recebe o Málaga, de Duda e Ricardo Horta, que no sábado empatou em casa com o campeão Atlético de Madrid.

Ibrahimovic no melhor e no pior da semana

Na balança dos protagonistas da semana, o Paris Saint-Germain surge de ambos os lados. Melhor, Zlatan Ibrahimovic esteve “entre o 8 e 80”. No sábado à noite, a equipa da cidade Luz conquistou a Taça da Liga, com uma clara vitoria de 4-0 sobre o Bastia, na final e com dois golos do sueco. Horas antes, contudo, “Ibra” tinha ficado a saber que havia sido suspenso pela Comissão de Disciplina da Liga Francesa por quatro jogos devido a declarações contundentes contra a França.

Na base do castigo está o jogo de 15 de março, em que o PSG perdeu por 3-2 colm o Bordéus. “Em 15 anos, nunca tinha assistido a uma arbitragem tão má, neste país de merda. (A França) não merece o PSG”, afirmou na altura, Ibrahimovic. O presidente da CD, Sebastien Deneux, considerou “rudes e insultuosas” as declarações do sueco.

Q: Time for final in the French League Cup! Tonight PSG faces Bastia at Stade De France with the chance to with the…

Posted by Zlatan Ibrahimovic on Sábado, 11 de Abril de 2015

O jogador já reagiu ao castigo através da internet e voltou a ser polémico: “Estou feliz porque isso só prova aquilo que eu disse. Agora, as pessoas podem ver por si mesmas, com os seus próprios olhos. Toda esta situação tornou-se uma farsa, ridícula e pouco profissional. É uma vergonha para o futebol”, manifestou Ibrahimovic, acrescentando “Tinha ficado ainda mais feliz se tivesse sido suspenso para o resto da temporada, para que pudesse ter um período de férias em breve.”

Em Itália, os portugueses Silvestre Varela e Pedro Mendes estão, por sua vez, em alta. O Parma esteve à beira da bancarrota, mas este fim de semana conseguiu a segunda vitória consecutiva e já não perde há três jornadas. O triunfo de sábado e ainda mais saboroso por ter sido diante da tricampeã Juventus. Apesar de tudo, os “parmesões” continuam em último e ainda estão a sete pontos do penúltimo, o Cagliari, que perdeu em Génova.

Neste dia… Steven Gerrard celebrou ha sete anos

A partir de julho, Steven Gerrard vai passar a jogar pelos Los Angeles Galaxy, nos Estados Unidos, mas por enquanto o médio, de 34 anos, ainda é o capitão do Liverpool e um símbolo de longevidade nos “reds”. Mas neste dia 13 de abril, há sete anos, o internacional inglês celebrou um marco na carreira: 300 jogos com a camisola do Liverpool.

A festa neste dia, em 2008, foi feita com estilo. Diante do Blackburn, Gerrard abriu o marcador e fez a assistência para outro dos golos na vitória, por 3-1. Os “reds” viriam a terminar o campeonato em quarto, a 11 pontos do então campeão, o Manchester United, de Cristiano Ronaldo.

Gerrard nasceu em Merseyside a 30 de maio de 1980. Entrou para o Liverpool aos sete anos e chegou a profissional dez anos depois. Eleito capitão em 2003, o médio ganhou a Bola de Ouro da France Football em 2005 e soma já mais de 700 partidas e 180 golos pelo Liverpool. Aos 35 anos, que irá celebrar no final desta época, Steven Gerrard dirá adeus a Anfield sem nunca ter conseguido ser campeão inglês, mas foi campeão europeu em 2005, ganhou a Liga Europa em 2001 e, por duas vezes, a Supertaça Europeia, em 2001 e 2005.

Irá o Bayern vingar-se da final de Viena?

Está tudo a postos para o regresso, esta terça-feira à noite, da Liga dos Campeões . São os quartos-de-final da prova e com o FC Porto entre a alta-roda europeia. Com o recurso à nossa “infalível” bola de cristal, nós já lhe podemos adiantar os resultados dos jogos da primeira mão.

Parecem ser quatro jogos de resultado incerto, mas a nossa bola de cristal não parece lembrar-se que há 28 anos o Bayern também era favorito na final da Taça dos Campeões Europeus que se jogou em Viena, na Áustria. Mas o mítico calcanhar do argelino Rabah Madjer e então habitual “carimbo” do suplente brasileiro Juary fintaram as apostas e deram o título ao FC Porto. Desta feita, ao que parece, o Bayern vai ganhar 0-3 no Dragão. Será, mesmo?

Em Madrid, entretanto, na visita do Real ao Atlético, haverá empate (1-1). O Mónaco, de Leonardo Jardim, João Moutinho, Ricardo Carvalho e Bernardo Silva vai perder a Turim, com a Juventus (2-0), e o Barcelona vai ganhar (0-3) em Paris…. Ou talvez não.

Se não concorda com estas previsões, não espera pelo final dos jogos, como o João Pinto, e envie-nos os seus prognósticos através das nossas utilizando o “hashtag” #TheCornerScores”. Veremos quem acerta mais.