Última hora

Última hora

Somália: Milícias "shebab" atacam Ministério da Educação

Extremistas islâmicos mataram esta terça-feira pelo menos 15 pessoas num ataque contra a sede do Ministério da Educação da Somália, em Mogadíscio.

Em leitura:

Somália: Milícias "shebab" atacam Ministério da Educação

Tamanho do texto Aa Aa

Extremistas islâmicos mataram esta terça-feira pelo menos 15 pessoas num ataque contra a sede do Ministério da Educação da Somália, em Mogadíscio.

O ataque, reivindicado pelas milícias “shebab”, começou com a explosão de um automóvel armadilhado junto ao portão do edifício, após a qual homens armados entraram e começaram a disparar.

Os “shebab’, que lutam contra o governo somali apoiado pela comunidade internacional e por forças da União Africana, sofreram nos últimos anos uma série de revezes militares consecutivos, tendo multiplicado desde então os ataques contra edifícios públicos, especialmente em Mogadíscio, e também no vizinho Quénia, que participa naquela missão internacional.

Há duas semanas o mesmo grupo extremista matou 148 pessoas na Universidade de Garissa, no noroeste do Quénia.

No domingo, uma pessoa morreu e 150 ficaram feridas durante um movimento de pânico provocado por uma explosão elétrica numa universidade de Nairobi, que os estudantes recearam ser um ataque de extremistas, semelhante ao ocorrido em Garissa.