Última hora

Última hora

Brasil: PT considera detenção do seu tesoureiro "injustificada"

Na sequência da detenção do tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, João Vaccari Neto, esta quarta-feira, a formação da Presidente do Brasil

Em leitura:

Brasil: PT considera detenção do seu tesoureiro "injustificada"

Tamanho do texto Aa Aa

Na sequência da detenção do tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, João Vaccari Neto, esta quarta-feira, a formação da Presidente do Brasil anunciou o apoio ao homem que agora está atrás das grades.

Num comunicado o Partido afirma que a detenção não é justificada visto que o Vaccari Neto sempre se colocou à disposição das autoridades.

Apesar dos indícios de que Vaccari recebeu dinheiro de forma ilícita, membros do PT, como o líder da bancada parlamentar, Sibá Machado, considerão ser uma detenção política

Maus lençóis para Dilma Roussef. A presidente enfrenta uma grave crise de popularidade, e a oposição reforça a ideia de necessidade de “impugnação” do mandato.

Nas ruas, os protestos também sucedem-se como no último fim de semana.

O escândalo apelidado de “Lava-Jato” já levou a dezenas de detenções por um alegado esquema de lavagem e desvio de dinheiro com a petrolífera estatal Petrobras no centro da trama.