Última hora

Última hora

Diretora do FMI diz que retoma atual "não é suficiente"

Em leitura:

Diretora do FMI diz que retoma atual "não é suficiente"

Diretora do FMI diz que retoma atual "não é suficiente"
Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia dominou uma boa parte do primeiro dia da Reunião de Primavera entre o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial, em Washington.

Durante três dias, dirigentes políticos e líderes financeiros do mundo inteiro reúnem-se na capital americana e analisam o estado da economia mundial.

A diretora do FMI alertou nomeadamente para a necessidade de evitar uma “nova mediocridade económica”: “As boas notícias são que a retoma global continua. A notícia menos boa é que o crescimento continua moderado e desigual. E, sobretudo, acreditamos que este crescimento não é suficiente. Não é suficiente – ainda – para reduzir o elevado desemprego. Não é suficiente para aumentar os rendimentos da classe média. Não é suficiente para levar à redução da pobreza.”

Christine Lagarde fez ainda saber que não está disposta a acordar um adiamento do prazo de pagamento à Grécia, pondo fim aos rumores de que Atenas poderia fazer formalmente esse pedido.

Os líderes da finança mundial vão ainda analisar a proposta da Guiné Conacri, da Libéria e da Serra Leoa: os três países mais atingidos pela febre hemorrágica querem uma espécie de “plano Marshal” e o perdão da dívida para fazer face à epidemia.