Última hora

Última hora

Itália vê chegar mais de 11.000 clandestinos em seis dias

A Itália viu chegar às suas costas 11 mil imigrantes clandestinos nos últimos seis dias. Esta sexta-feira, a guarda costeira resgatou nomeadamente um

Em leitura:

Itália vê chegar mais de 11.000 clandestinos em seis dias

Tamanho do texto Aa Aa

A Itália viu chegar às suas costas 11 mil imigrantes clandestinos nos últimos seis dias. Esta sexta-feira, a guarda costeira resgatou nomeadamente um barco onde se encontravam trezentos imigrantes provenientes da Líbia, detendo no processo pelo menos um traficante, que se encontrava na embarcação.

O número de vítimas mortais nas tentativas de travessia do Mediterrâneo para chegar a Itália aumentou drasticamente desde o ano passado. Flavio Di Giacomo, da Organização Internacional para a Migração, explica que “os números de imigrantes que chegam a Itália são bastante semelhantes, entre os 26.000 de abril do ano passado e este ano. O que mudou foi o número de mortos. Há um ano, registaram-se 94 vítimas; este ano, com os naufrágios dos últimos dias, as vítimas são já 900”.

Esta quinta-feira, a polícia italiana deteve 15 homens que chegaram a bordo de um navio proveniente do norte de África, na sequência de relatos de que teriam atirado ao mar mais de uma dezena de pessoas provenientes da Nigéria e do Gana, por serem de confissão cristã.

Numa outra embarcação resgatada pela guarda costeira italiana, foram encontradas várias pessoas queimadas e mesmo um morto, depois de se ter registado uma explosão de gás a bordo.