This content is not available in your region

AC/DC: Phil Rudd declara-se culpado em tribunal

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com AFP, Reuters
AC/DC: Phil Rudd declara-se culpado em tribunal

<p>Culpado. Phil Rudd, baterista da banda australiana AC/DC mudou o discurso e reconheceu em tribunal as acusações que lhe são imputadas: ameaças de morte e a posse de droga.</p> <p>O músico rock que está a ser julgado na Nova Zelândia acabou por ser libertado sob caução.</p> <p>A leitura da sentença está marcada para 26 de junho. </p> <p>O advogado do baterista diz que tudo se resume a telefonema feito pelo cliente num tom agressivo e que terminou com um mandado onde foi apreendida canábis – para consumo próprio – e um telemóvel.</p> <p>O australiano que vive na Nova Zelândia desde 1983 já foi substituído na digressão mundial dos AC/DC por Chris Slade, baterista do grupo entre 1989 e 1994.</p>