Última hora

Última hora

Egito: 20 anos de prisão para chefe de Estado deposto

Mohamed Morsi, antigo chefe de Estado do Egito foi condenado a 20 anos de prisão por incitamento à morte de manifestantes em 2012. A justiça deu como

Em leitura:

Egito: 20 anos de prisão para chefe de Estado deposto

Tamanho do texto Aa Aa

Mohamed Morsi, antigo chefe de Estado do Egito foi condenado a 20 anos de prisão por incitamento à morte de manifestantes em 2012.

A justiça deu como provadas as acusações contra o primeiro presidente eleito democraticamente no país.

Morsi foi destituído e detido pelo exército em julho de 2013 depois de milhares de egípcios terem saído à rua para exigir a demissão.

12 outros elementos da Irmandade Muçulmana foram, também, condenados a penas entre 10 os 20 anos de prisão: Entre eles está o secretário-geral do partido.

Centenas de apoiantes do mais antigo movimento islamita do Egito foram detidas desde o golpe de Estado.