Última hora

Última hora

Itália: Dois homens acusados de tráfico de seres humanos

>b>Nesta última semana, dois naufrágios, um de 400 clandestinos e o último de 900 eleva a contagem macabra para mais de 1300 mortos, incluindo os naufrados segunda-feira, na ilha de Rodes, na Gré

Em leitura:

Itália: Dois homens acusados de tráfico de seres humanos

Tamanho do texto Aa Aa

A bordo do navio da guarda costeira italiana, vinte e sete dos 28 sobreviventes do mais mortífero naufrágio no Mediterrâneo chegaram, esta manhã, ao porto de Catania, na Sicília.

O capitão do navio de, nacionalidade tunisina, e um sírio, membro da tripulação, foram detidos, como explicou o Procurador, Rocco Liguori:

“Emitimos dois mandados de prisão sobre os suspeitos de tráfico, estamos a falar do capitão do navio que naufragou e de um membro da tripulação. Foram acusados de imigração ilegal e o capitão também foi acusado de naufrágio não intencional e homicídio involuntário múltiplo. “

As buscas para resgate dos corpos mantêm-se desde o fim de semana, ao mesmo tempo que os navios da guarda costeira têm de responder a novas chamadas de socorro em alto mar.

Nesta última semana, dois naufrágios, um de 400 clandestinos e o último de 900 eleva a contagem macabra para mais de 1300 mortos, incluindo os naufrados segunda-feira, na ilha de Rodes, na Grécia.