Última hora

Última hora

Cientistas ambicionam criar seda de aranha artificial com a ajuda de bactérias

Em leitura:

Cientistas ambicionam criar seda de aranha artificial com a ajuda de bactérias

Tamanho do texto Aa Aa

O fio natural produzido pelas aranhas para tecer as teias é cinco vezes mais forte que um fio de aço do mesmo tamanho. Há várias investigações em

O fio natural produzido pelas aranhas para tecer as teias é cinco vezes mais forte que um fio de aço do mesmo tamanho. Há várias investigações em curso para reproduzir o trabalho das aranhas mas não é fácil imitar a natureza.

Na Alemanha, um grupo de cientistas recorreu à ajuda das bactérias para conceber seda de aranha artificial.

“A fibra produzida pelas aranhas tem propriedades especiais, é extremamente robusta e elástica ao mesmo tempo. Por isso a rutura da seda de aranha requer mais energia em relação às outras fibras naturais ou às fibras fabricadas pelo homem”, explicou o professor Thomas Scheibel, diretor do departamento de biomateriais da Universidade de Bayreuth.

Tudo seria mais fácil se as aranhas se deixassem domesticar, à semelhança dos bichos-da-seda. Na verdade, as aranhas têm um comportamento mais selvagem e hábitos alimentares muito específicos que incluem o canibalismo.

Apesar das dificuldades do projeto, a seda de aranha sintética oferece várias vantagens. O tecido macio e brilhante é compatível do ponto de vista biológico com outros materiais.

“Ainda não sabemos bem como usar as fibras de aranha. Desenvolvemos alguns produtos, nomeadamente cosméticos, produtos para pele e produtos medicinais. Podemos fazer revestimentos para implantes que garantem uma melhor da bio-compatibilidade”, acrescentou o investigador alemão.

Na área biomédica, a seda de aranha sintética poderá ser usada para fabricar fio de sutura. No domínio militar, a seda de aranha pode ser útil para fazer coletes à prova de balas.