This content is not available in your region

EUA preparados para a negociação do TTIP

Access to the comments Comentários
De  Euronews
EUA preparados para a negociação do TTIP

<p><span class="caps">EUA</span> preparados para a negociação do <span class="caps">TTIP</span></p> <p>Os Estados Unidos partem para a sexta ronda de negociações sobre o Acordo Transatlântico de Livre Comércio e Investimento (<span class="caps">TTIP</span>) com a autoridade do presidente Barack Obama reforçada no Congresso, pelos Republicanos.</p> <p>Ao mesmo tempo o Secretário de Estado John Kerry tenta conquistar o apoio público, destacando a importância do comércio para a segurança nacional.</p> <p>“O <span class="caps">TTIP</span> irá reforçar o esforço comum contra o extremismo violento, apoiar a soberania da Ucrânia e desenvolver energia com segurança. Também nos ajudará a abordar problemas globais como a proliferação nuclear e as alterações do clima”, sublinhou Kerry.</p> <p>Analistas dizem que este argumento está fora de contexto. O foco do acordo é encontrar normas de regulação para matérias muito complicadas, e não as questões estratégicas.</p> <p>“Ao mesmo tempo, estamos a ser picuinhas com matérias como a desinfeção das galinhas com cloro e dizemos que dão grandes benefícios estratégicos. Para quem acompanha as negociações, isso não bate certo”, disse Peter Sparding.</p> <p>Na capital norte-americana, o correspondente da Euronews acompanha as movimentações políticas que as negociações já provocaram naquele país.</p> <p>“Para a negociação do acordo comercial, internamente a administração Obama tem mais apoio dos republicanos do que dos Democratas. Isso vai colocar a candidata democrata Hillary Clinton numa situação complicada, que pode fazer do comércio uma matéria crucial da campanha de 2016”, refere Stefan Grobe.</p>