Última hora

Última hora

Eurogrupo encosta Grécia à parede

“O tempo está a esgotar-se” para que a Grécia consiga chegar a acordo com os credores, avisou esta sexta-feira o presidente do Eurogrupo Jeroen

Em leitura:

Eurogrupo encosta Grécia à parede

Tamanho do texto Aa Aa

“O tempo está a esgotar-se” para que a Grécia consiga chegar a acordo com os credores, avisou esta sexta-feira o presidente do Eurogrupo Jeroen Dijsselboem.

Os ministros das Finanças da zona euro estiveram reunidos em Riga, na Letónia, e fecharam a porta a um acordo provisório com o governo grego até final de abril e, por consequência, um eventual desembolso parcial das tranches do resgate em atraso desde o verão de 2014.

“Foi uma discussão muito difícil. Chegámos a um acordo há dois meses e hoje tínhamos a esperança de ter resultados positivos e um acordo sobre o qual poderíamos tomar uma decisão e estamos, ainda, longe disso. Gostaria de reiterar, mais uma vez, que é necessário um acordo abrangente antes de podermos realizar qualquer desembolso”, assegura Dijsselboem.

A Grécia não recebe qualquer financiamento dos credores oficiais desde agosto do ano passado e enfrenta, agora, graves dificuldades de tesouraria para fazer face aos compromissos como o pagamento de salários e pensões.

Em maio, o Tesouro grego tem de refinanciar 2,8 mil milhões de euros em Bilhetes do Tesouro e, até dia 6, tem de pagar ao Fundo Monetário Internacional 201 milhões de euros de juros.