Última hora

Última hora

Sismo no Nepal: Uma "bomba" de 100 milhões de toneladas de TNT

A violência do terramoto de sábado no Nepal parece longe das previsões mais catastróficas do sismólogos. O abalo de 7,9 de magnitude com uma

Em leitura:

Sismo no Nepal: Uma "bomba" de 100 milhões de toneladas de TNT

Tamanho do texto Aa Aa

A violência do terramoto de sábado no Nepal parece longe das previsões mais catastróficas do sismólogos.

O abalo de 7,9 de magnitude com uma intensidade equivalente à detonação de 100 milhões de toneladas de TNT foi o pior registado nos últimos 80 anos no país.

As autoridades decidiram emitir um alerta de 48 horas face à possibilidade de novas réplicas de grande intensidade.

Em Katmandu, centenas de edifícios não resistiram ao tremor de terra, entre os quais vários monumentos históricos centenários, classificados como património da humanidade.

Mas, no exterior da capital, o saldo de vítimas poderá duplicar, quando há relatos de mais dois milhares de mortos em algumas localidades, totalmente devastadas e isoladas pelo sismo.

Vários helicópteros foram enviados para as regiões junto ao epicentro do terramoto, para constatar os danos, quando as comunicações permanecem interrompidas em várias regiões.

No aeroporto de Katmandu há relatos de filas de milhares de pessoas à espera de poder sair do país, quando as autoridades recebem dezenas de aparelhos com equipas de resgate e ajuda humanitária internacional.