Última hora

Última hora

Arte russa debaixo do calor cultural de Málaga

Em leitura:

Arte russa debaixo do calor cultural de Málaga

Tamanho do texto Aa Aa

O clima artístico da Rússia aquece, com o calor cultural de Málaga. O edifício da “Tabacalera” da cidade andaluza converteu-se numa sede permanente

O clima artístico da Rússia aquece, com o calor cultural de Málaga. O edifício da “Tabacalera” da cidade andaluza converteu-se numa sede permanente do Museu Estatal Russo de São Petersburgo.

“A arte russa do século XV ao século XX” é a primeira exposição anual organizada pela instituição e conta com, aproximadamente, 100 obras. Obras de ícones do século XV até ao realismo soviético, com quadros de Kandinsky, Chagall ou Malevich.

A “Tabacalera” também vai sediar duas exposições temporárias: a primeira é dedicada a Sergei Diaghilev, fundador da companhia internacional “Ballets Russes”. Diaghilev trabalhou com grandes artistas, tais como Picasso. Em março passado, a cidade de Málaga também acolheu a primeira sede temporária do Centro Pompidou, de Paris.