This content is not available in your region

Sismo no Nepal: mais de 200 desaparecidos no Evereste

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com Reuters / EFE
Sismo no Nepal: mais de 200 desaparecidos no Evereste

<p>Vários “sherpas” feridos na avalanche no Evereste, consequência do poderoso sismo que abalou o Nepal, chegaram esta manhã a Katmandu, onde eram esperados pelas famílias.</p> <p>Os alpinistas estrangeiros continuam a ser evacuados de helicóptero. As autoridades nepalesas informaram que pelos menos 22 pessoas perderam a vida no Evereste, mas outras 217 estão ainda dadas como desaparecidas.</p> <p>Um “sherpa” explica “as tendas foram todas arrastadas [pela avalanche], no final não havia nenhuma [de pé]. É impossível saber o número exato de baixas”.</p> <p>Michael Churton encontrava-se no campo de base do Evereste para realizar um documentário.</p> <p>Diz que “foi como se uma montanha de neve se abatesse sobre o acampamento, sem haver para onde fugir. Só foi possível dizer aos que estavam à volta para se baixarem, pôr as mãos sobre a cabeça e aguentar. Passaram 45 segundos ou um minuto até a neve assentar. E tudo desapareceu. Todas as tendas desapareceram e as pessoas foram empurradas [pela neve]. A pessoa que tinha à frente foi parar 10 metros atrás e outra que estava ao lado desapareceu e continuam sem saber se está viva ou morta”.</p> <p>As autoridades contabilizaram também 51 feridos, 41 dos quais com gravidade e um número indeterminado de desaparecidos em várias expedições que estavam em curso no Evereste.</p> <iframe src="https://www.google.com/maps/embed?pb=!1m14!1m8!1m3!1d6788.90531846019!2d86.8628268!3d28.0050435!3m2!1i1024!2i768!4f13.1!3m3!1m2!1s0x0%3A0x0!2zMjjCsDAwJzI2LjAiTiA4NsKwNTEnMzQuMCJF!5e1!3m2!1sfr!2sfr!4v1430134217439" width="600" height="450" frameborder="0" style="border:0"></iframe>