Última hora

Última hora

A paz regressa a Baltimore

A paz regressa a Baltimore, depois dos tumultos que se seguiram ao funeral de Freddie Gray, o jovem negro que morreu no passado dia 19 vítima dos

Em leitura:

A paz regressa a Baltimore

Tamanho do texto Aa Aa

A paz regressa a Baltimore, depois dos tumultos que se seguiram ao funeral de Freddie Gray, o jovem negro que morreu no passado dia 19 vítima dos ferimentos que sofreu quando foi detido pela polícia.

Centenas de polícias e militares fortemente armados patrulham as ruas desde o início da manhã desta terça-feira, com um reforço de 5.500 homens.
Grupos de habitantes mobilizaram-se para limpar a cidade. Segundo as autoridades, vários supermercados foram pilhados durante os distúrbios, e incendiados 20 edifícios e 144 veículos.

Cerca de três mil pessoas renderam homenagem a Freddie Gray, numa cerimónia particularmente calma.

A família tomou posição pública para travar a violência. Gloria Darden, a mãe de Freddie, pediu que a morte do filho não seja evocada como motivo para mais confrontos.

“Estou muito magoada, mas não quero vê-los todos na rua. Quero que exijam justiça para o meu filho, mas não quero que o façam deste modo. Não deitem abaixo a cidade. fazem-no por ele? Não está certo”, disse Gloria Darden.

Em consequência dos tumultos, 15 polícias ficaram feridos e foram detidas mais de 200 pessoas.

A polícia está a investigar a morte de Freddie Gray, para esclarecer se houve má conduta policial. Num vídeo filmado por um telemóvel, vê-se Freddie a ser arrastado para uma carrinha da polícia, a queixar-se de dores e aparentemente sem conseguir andar.