Última hora

Última hora

Baltimore: polícia evita nova onda de violência

Pelo menos 10 pessoas foram detidas em Baltimore, nos Estados Unidos, na última noite por violação do recolher obrigatório e pilhagens. O reforço

Em leitura:

Baltimore: polícia evita nova onda de violência

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 10 pessoas foram detidas em Baltimore, nos Estados Unidos, na última noite por violação do recolher obrigatório e pilhagens.

O reforço policial evitou que os os episódios de violência se propagassem a outros pontos da cidade.

Os tumultos que se seguiram ao funeral do afro-americano Freddy Gray levaram as autoridades a declarar o estado de emergência e impor um recolher obrigatório durante uma semana. As medidas começam a dar frutos. A presidente da Câmara de Baltimore tenta, ao mesmo tempo, envolver a população para garantir que episódios como os desta segunda-feira não se voltem a repetir.

“Estamos a tentar falar com as pessoas responsáveis por atos violência cometidos esta segunda-feira, a rezar e a ajudá-los a atravessar esta fase” adianta um padre.

A morte de Freddy Gray vítima de ferimentos na coluna depois de ter sido detido pela polícia inflamou os ânimos nas ruas de Baltimore. Hoje, os habitantes pedem paz.

Os protestos trazem à memória um outro caso, o de Michael Brown. Um jovem afro-americano morto a 9 de agosto por um agente da polícia nos Estados Unidos

Euronews: “Para já a cidade de Baltimore foi poupada a mais uma noite de violência. A registar há apenas um pequeno grupo de pessoas determinado a enfrentar o forte contingente policial. É, no entanto, impossível dizer como vão ser os próximos dias.”