Última hora

Última hora

Governo grego sob crescente pressão

O governo grego está sob crescente pressão em casa e no exterior. Em Atenas, dezenas de funcionários das finanças protestaram esta quinta-feira

Em leitura:

Governo grego sob crescente pressão

Tamanho do texto Aa Aa

O governo grego está sob crescente pressão em casa e no exterior.

Em Atenas, dezenas de funcionários das finanças protestaram esta quinta-feira contra as condições salariais.

Reunidos diante do ministério das Finanças, os funcionários recém-contratados queixam-se de que os salários que recebem são inferiores aos dos restantes funcionários.

A Grécia prepara-se para discutir um projeto de lei sobre reformas que abra caminho ao desbloqueio de fundos de resgate urgentemente necessários.

O prazo para o reembolso da próxima tranche da dívida grega ao Fundo Monetário Internacional (FMI) – 750 milhões de euros – vence a 12 de maio.

Atenas tem também que encontrar dinheiro para pagar as pensões de reforma e os salários da função pública.

Uma sondagem recente revela que mais de três quartos da população grega considera essencial chegar a um acordo com os credores europeus e o Fundo Monetário Internacional (FMI), para evitar a falência da Grécia e para que o país permaneça na zona euro.

O ministro das Finanças, Yanis Varoufakis, encontra-se numa posição cada vez menos confortável.

Na terça-feira à noite, foi alvo de um ataque de anarquistas num restaurante numa zona de Atenas considerada bastião de activistas de extrema-esquerda.