Última hora

Última hora

Oligarca ucraniano pode ser extraditado para os EUA

Firtash que mantém laço estreitos com Moscovo queixa-se de perseguição política. Nos Estados unidos incorre numa pena de várias décadas de prisão.

Em leitura:

Oligarca ucraniano pode ser extraditado para os EUA

Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal de Viena decide esta quinta-feira sobre a extradição do oligarca ucraniano, Dmytro Firtash,
para os Estados Unidos, onde foi acusado de corrupção.

O oligaraca foi detido há mais de um ano na capital austríaca e libertado sob fiança.

A mudança de governo em Kiev levou à perda de privilégios, incluindo um contrato de exploração de uma mina de titânio na Índia e do uso das redes de distribuição de gás para a sua empresa de energia.

Firtash que mantém laço estreitos com Moscovo queixa-se de perseguição política. Nos Estados Unidos incorre numa pena de várias décadas de prisão.

Kiev iniciou também uma investigação criminal contra os ex-gestores de topo empresa estatal Naftogaz que com a Ostchem, empresa de Firtash com outro sócio, terão alegadamente ganho roubado 4,3 mil milhões de euros.