Protesto na véspera da abertura da Expo 2015 em Milão

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com AFP
Protesto na véspera da abertura da Expo 2015 em Milão

<p>Um novo protesto, a um dia da abertura das portas da “Exposição Universal de Milão”. Grupos de estudantes juntaram-se para denunciar o sistema de voluntariado imposto pelos organizadores e os vários escândalos de corrupção que rodearam a Expo 2015 na cidade italiana e que custaram nomeadamente o cargo ao anterior ministro das Infraestruturas.</p> <p>Inquietas face à possibilidade de incidentes durante a cerimónia de abertura, liderada amanhã pelo primeiro-ministro Matteo Renzi, as autoridades efetuaram buscas nos locais de reunião conhecidos de grupos de extrema-esquerda e anarquistas em Milão.</p> <p>A exposição – que reúne pavilhões de 140 países – espera acolher, até outubro, 20 milhões de visitantes.</p> <p>Mas os sucessivos atrasos fazem com que muitos se perguntem se tudo estará a postos para a inauguração desta sexta-feira. O que é certo é que está prevista uma mega manifestação.</p>