Última hora

Última hora

Burundi: Trégua da oposição não põe fim à violência

Dois polícias e um civil foram mortos no Burundi pouco depois da oposição declarar uma trégua de 48 horas. A capital do país africano está em

Em leitura:

Burundi: Trégua da oposição não põe fim à violência

Tamanho do texto Aa Aa

Dois polícias e um civil foram mortos no Burundi pouco depois da oposição declarar uma trégua de 48 horas. A capital do país africano está em convulsão desde domingo. Os manifestantes protestam contra a decisão do presidente Pierre Nkurunziza de se candidatar a um terceiro mandato. A oposição declara a candidatura inconstitucional mas o chefe de Estado alega que o primeiro mandato lhe foi outorgado pelo parlamento.

Durante a semana os confrontos em Bujumbura entre a polícia e os manifestantes resultaram na morte de seis civis e um militar. A oposição declarou uma trégua durante o fim de semana para as famílias enlutadas enterrarem os mortos e para o chefe de Estado refletir. O país é povoado pelas etnias tutsi e hutu, como o vizinho Ruanda que foi palco de um genocídio interétnico em 1994.