Última hora

Última hora

EUA: Polícia abate atiradores em concurso de cartoons do profeta Maomé

Dois homens abriram fogo no exterior de um centro de conferências, em Garland, um subúrbio da cidade de Dallas, no Texas. No espaço decorria, este

Em leitura:

EUA: Polícia abate atiradores em concurso de cartoons do profeta Maomé

Tamanho do texto Aa Aa

Dois homens abriram fogo no exterior de um centro de conferências, em Garland, um subúrbio da cidade de Dallas, no Texas.
No espaço decorria, este domingo, um concurso de cartoons do profeta Maomé.

Os homens foram abatidos pela polícia, próximo do carro no qual chegaram ao local. Durante várias horas as autoridades não removeram os corpos temendo um atentado:

“Começámos por evacuar as empresas nas proximidades, preocupava-nos o veículo em que vieram, na possibilidade de ter uma bomba”, explica Joe Harn, o porta-voz da polícia.

Durante algumas horas os participantes do evento foram impedidos de abandonar o local. No exterior a polícia evacuava a área:

“Quando fomos dormir ouvimos explosões… e eu perguntei se não seriam tiros? Mas responderam que não, que era fogo-de-artifício. Mas, num ápice, tínhamo-nos deitado à 30 segundos quando a polícia veio e evacuou toda a área”, adianta uma moradora.

No local encontrava-se o político holandês Geert Wilders, líder do Partido pela Liberdade, de extrema-direita, um dos principais oradores.

O evento foi promovido pela Iniciativa Americana de Defesa da Liberdade que oferecia 10 mil dólares ao autor da melhor caricatura de Maomé.