Última hora

Última hora

Agrava-se situação humanitária no Iémen

A situação humanitária no Iémen complica-se. A ONU pediu à Arábia Saudita para parar os bombardeamentos ao aeroporto da capital para que a ajuda, às

Em leitura:

Agrava-se situação humanitária no Iémen

Tamanho do texto Aa Aa

A situação humanitária no Iémen complica-se. A ONU pediu à Arábia Saudita para parar os bombardeamentos ao aeroporto da capital para que a ajuda, às populações, possa chegar.

A coligação, liderada por este país, continua os confrontos contra os Houthis mas pondera fazer uma pausa para que possa chegar o apoio necessário.

Em Aden, forças leais ao Presidente Abd Rabbuh Mansur Al-Hadi continuam a luta contra os rebeldes xiitas, pelo controlo do aeroporto local.

A situação no terreno não é clara. A Arábia Saudita fala de vitórias e da destruição de grande parte da capacidade militar dos rebeldes mas a situação permanece inalterada. Os huthis controlam a capital, Saná, desde setembro, e têm vindo a expandir o seu domínio a sul.

Um conflito sem fim à vista e que já matou mais de um milhar de pessoas, na sua maioria civis, desde o final de março. Entre os mortos está mais de uma centena de crianças, segundo a UNICEF.

Em Riade, o Presidente francês, François Hollande, encontrou-se com o seu homólogo iemenita, refugiado no país, e expressou-lhe solidariedade e apoio