Última hora

Última hora

"Um Ritmo Perfeito 2" marca a estreia atrás das câmaras de Elizabeth Banks

Em leitura:

"Um Ritmo Perfeito 2" marca a estreia atrás das câmaras de Elizabeth Banks

Tamanho do texto Aa Aa

A sequela das aventuras das "Barden Bellas" estreia em Portugal a 21 de maio e no Brasil a 11 de junho

As “Barden Bellas”, a banda de vocalistas que brilhou no “blockbuster” musical de 2012 “Um Ritmo Perfeito”, volta este mês às salas de cinema. O argumento volta a ter autoria de Kay Canon, mas a realização desta vez passa para as mãos da também protagonista Elizabeth Banks.

Point of view

Só porque não é habitual (realizar) não quer dizer que seja difícil ou complicado de se fazer. Quer dizer, os rapazes fazem-no a toda a hora

A atriz que encarna “Gail”, a comentadora e promotora do concurso de canto “à capela” do filme, garante que a estreia atrás das câmaras não foi difícil: “Só porque não é habitual não quer dizer que seja um trabalho difícil ou complicado de se fazer. Quer dizer, os rapazes fazem-no a toda a hora. Espero que o que eu fiz motive outras mulheres a passar para detrás das câmaras e contar mais histórias destas.”

Sequência musical no final do primeiro filme

Elizabeth Banks sentiu “muito apoio” e que “havia muita gente a torcer para que o filme resultasse”. “A minha equipa foi fantástica e o elenco era ótimo. Estou muito orgulhosa do produto final. Penso que resultado é revelador da forma como decorreram as filmagens”, contou a atriz e realizadora.

Anna Kendric retoma também o papel de “Beca Mitchell”, mas os momentos de comédia voltam a ter como estrela “Fat Amy”. “É uma personagem muito atrevida, muito autoconfiante. Melhor, é excessivamente confiante e é daí que vem muito do seu humor. Eu não me acho excessivamente autoconfiante na vida real, mas confio em mim mesma e estou confortável na minha pele”, revela a atriz Rebel Wilson, o peso pesado do elenco.

“Um Ritmo Perfeito 2” leva as “Barden Bellas” a representar os Estados Unidos num campeonato do mundo de canto “À capela”. Será que vão voltar a ganhar? É o que poderá descobrir a partir de 21 de maio, em Portugal, e de 11 de junho, no Brasil.