Última hora

Última hora

Suíça: Drama familiar na origem do tiroteio que fez cinco mortos

O tiroteio que ocorreu no sábado à noite na Suíça fez cinco mortos. O autor dos disparos fatais suicidou-se depois de matar quatro pessoas.

Em leitura:

Suíça: Drama familiar na origem do tiroteio que fez cinco mortos

Tamanho do texto Aa Aa

O tiroteio que ocorreu no sábado à noite na Suíça fez cinco mortos. O autor dos disparos fatais suicidou-se depois de matar quatro pessoas. O inquérito assume que um drama familiar está na origem dos homicídios.

De acordo com a polícia do cantão de Argóvia, os crimes de Würenlingen foram cometidos por um suíço de 36 anos. O assassino entrou numa casa onde matou um casal de 58 e 57 anos e o filho de 32. As vítimas eram os sogros e o cunhado. O atirador entrou em seguida numa segunda casa e matou outro homem de 46 anos antes de se suicidar. Estes elementos foram divulgados pela polícia durante uma conferência de imprensa este domingo.

O homicida vivia separado da mulher e dos três filhos que este ano foram acolhidos numa instituição social. O autor dos crimes era conhecido das autoridades devido a atos de violência. No início do mês passado a polícia tinha feito uma busca em sua casa mas não encontrou nenhuma arma.

A Suíça é um dos países do mundo com uma das proporções mais altas de posse de armas de fogo.