Última hora

Última hora

Algumas notas sobre a Antiga República Jugoslava da Macedónia

Situação atual O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, pediu contenção às partes envolvidas nos confrontos entre a polícia e um grupo armado em

Em leitura:

Algumas notas sobre a Antiga República Jugoslava da Macedónia

Tamanho do texto Aa Aa

Situação atual

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, pediu contenção às partes envolvidas nos confrontos entre a polícia e um grupo armado em Kumanovo, no norte do país, onde morreram 22 pessoas na madrugada de domingo. Ao mesmo tempo, a União Europeia declarou estar “profundamente preocupada” com esta crise.

Factos

Fontes governamentais afirmam que um grupo terrorista armado, cujo propósito seria atacar edifícios governamentais, foi alvo de uma operação envolvendo tropas de elite, transportes de tropas blindados e polícias com coletes antibala, que isolaram um bairro de maioria albanesa muçulmana.
Alguns habitantes locais afirmam que se trata de uma iniciativa do primeiro-ministro Nikola Gruevski que pretende desviar as atenções a fim de encobrir os seus outros crimes, nomeadamente um escândalo que envolve escutas telefónicas.

Dados

A República da Macedónia é um país balcânico que até 1991 fazia parte da Jugoslávia. Em 1993 ingressou na Organização das Nações Unidas com o nome Antiga República Jugoslava da Macedónia. Membro do Conselho da Europa, é também candidata a integrar a União Europeia e solicitou a adesão à NATO.

Demografia

Partilhando fronteiras com o Kosovo a noroeste, a Sérvia a norte, a Bulgária a leste, a Grécia ao sul e a Albânia a oeste, este país regista uma população que ronda os dois milhões de habitantes.

Segundo os dados do censo de 2002, o maior grupo étnico é o dos macedónios, seguido dos albaneses, que dominam grande parte da região noroeste do país.

A minoria albanesa muçulmana representa um quarto da população que é maioritariamente eslava ortodoxa.