Última hora

Em leitura:

Protestos fazem mais uma vítima no Burundi na véspera de cimeira africana


Burundi

Protestos fazem mais uma vítima no Burundi na véspera de cimeira africana

A vaga de protestos no Burundi fez esta manhã mais uma vítima mortal durante uma manifestação de centenas de pessoas nos subúrbios da capital.

Segundo testemunhas, a polícia teria dispersado com balas reais o protesto no bairro de Butarere, tendo morto pelo menos um manifestante, ferindo outras duas pessoas.

Como desde há 17 dias, os manifestantes protestavam contra a decisão do presidente Pierre Nukurunziza de se apresentar a um terceiro mandato nas eleições de junho.

Uma decisão que viola a Constituição do país, segundo a oposição, apesar de ter sido recentemente validada pelo Tribunal Constitucional.

O novo episódio de violência aumenta para 22 o número de vítimas mortais desde o início da contestação, quando o país teme um regresso dos confrontos sangrentos entre as comunidades hutus e tutsis, que marcaram a guerra civil no país.

Os chefes de estado de vários países da África Oriental reúnem-se esta quarta-feira em Dar Es Salaam para tentar encontrar uma solução para o conflito.

O Conselho de Segurança da ONU tinha apelado, há alguns dias, ao fim do conflito no território, sem no entanto, exigirem o adiamento das polémicas eleições de junho.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

É de Picasso a obra de arte mais cara do Mundo!