Última hora

Última hora

Aleksander Vucic: "Motins e tumultos na Macedónia podem espalhar-se a outras áreas dos Balcãs"

O fantasma da guerra dos Balcãs reacendeu-se em todos os espíritos. Aleksander Vucic, o primeiro-ministro da Sérvia em entrevista à Euronews

Em leitura:

Aleksander Vucic: "Motins e tumultos na Macedónia podem espalhar-se a outras áreas dos Balcãs"

Tamanho do texto Aa Aa

O fantasma da guerra dos Balcãs reacendeu-se em todos os espíritos. Aleksander Vucic, o primeiro-ministro da Sérvia em entrevista à Euronews declarou:

“Vamos investir todo o esforço necessário para ajudar os macedónios a superar esses solavancos e criar um ambiente estável no seu país. Penso que podemos ser úteis neste contexto e vamos dar-lhes apoio, porque estamos perante uma questão importante para todos nós, porque se tivermos motins e tumultos na Macedónia pode espalhar-se a outras áreas dos Balcãs”

Em Skopje, na Macedónia, centenas de pessoas organizaram uma homenagem aos polícias mortos durante o assalto para desalojar um grupo terrorista entrincheirado em Kumanovo.

Um residente explica: “Estamos aqui com os nossos amigos albaneses, e outras comunidades étnicas, e estamos todos unidos e juntos, e é isso que queremos mostrar, e temos de lutar pela liberdade e democracia porque nós merecemos.”

Segunda-feira, trinta pessoas – incluindo 18 kosovares de origem albanesa, foram acusadas de “terrorismo” e vão ser julgadas.

As Nações Unidas, a NATO e a União Europeia pediram calma após os violentos combates entre a polícia e o grupo armado durante o fim de semana.

Os confrontos causaram pelo menos 22 mortos. Mais de vinte atacantes foram capturados.