Última hora

Última hora

Ataque talibã em Cabul faz 14 mortos incluindo um norte-americano e um italiano

Pelo menos 14 pessoas morreram quarta-feira à noite, na sequência de um ataque a um hotel de Kabul, no Afeganistão. O atentado já foi reivindicado

Em leitura:

Ataque talibã em Cabul faz 14 mortos incluindo um norte-americano e um italiano

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 14 pessoas morreram quarta-feira à noite, na sequência de um ataque a um hotel de Kabul, no Afeganistão. O atentado já foi reivindicado pelos talibãs e estará incluído na chamada “ofensiva da primavera” do grupo terrorista. “O ataque foi planeado com cuidado para atingir a festa onde iriam estar pessoas importantes e americanos”, terão revelado os rebeldes, em comunicado.

No momento do ataque, a “Guest House Park Palace” estava repleta de afegãos e estrangeiros para assistir a um concerto. Algumas fontes adiantam que os estrangeiros seriam o alvo dos talibãs. O enviado especial do Presidente afegão Ashraf Ghani, Ahmad Zia Massoud, é citado pela Khaama Press a alegar que os talibãs atacaram o hotel julgando que o embaixador indiano, Amar Sinha, estaria no local. Pelo menos nove estrangeiros foram mortos pelos atacantes.


Entre as vítimas mortais há pelo menos um norte-americano, um italiano e algumas fontes, citando a polícia local, referem quatro indianos. De acordo com o chefe da polícia Abdul Rahman Rahimi, citado pelo jornal indiano The Hindu, 54 pessoas foram resgatadas com vida do interior do hotel. Hassib Sarmandi foi uma delas: “Eu estava dentro do hotel. Tinha para o pátio com os meus amigos. Quando os disparos começaram, fugimos para os nossos quartos e escondemo-nos debaixo das camas.”

O primeiro-ministro da Índia foi informado do ataque no decorrer de uma visita oficial de três dias à China. Através do Twitter, Narendra Modi escreveu: “No avião, fui informado do ataque em Cabul. Estou preocupado com a situação e a rezar pela segurança de todos.”

Modi já falou com o Presidente do Afeganistão. “Ashraf Ghani expressou tristeza pela infeliz morte dos cidadãos indianos no ataque de Cabul”, partilhou o primeiro-minitro indiano.

O ataque terá ocorrido pelas 20h30 de quarta-feira, em Cabul — 17h30, em Lisboa. Terá durado cerca de 7 horas até as forças de segurança afegãs terem posto cobro à situação já às primeiras horas desta quinta-feira. Seis pessoas terão ficado feridas, incluindo elementos das forças de segurança afecgãs.

Os testemunhos referem três atacantes e as notícias mais recentes garantem que o trio foi morto pelas autoridades. Dois deles estariam a usar coletes com explosivos.


O ataque desta quarta-feira é similar às ofensivas talibãs conduzidas no ano passado contra um hotel e um restaurante, nas quais morreram cerca de 30 pessoas.

Recorde-se que os Estados Unidos têm em curso a progressiva retirada militar do Afeganistão até final do próximo ano ao mesmo tempo que a NATO e o governo afegão preparam um novo programa militar para entrar no ativo a partir de 2016.